[coronar countries="Brazil"]

Uma mulher de 46 anos, suspeita de envolvimento na morte de Franquim Grano Marconato, 35 anos, foi presa na tarde desta sexta-feira (16) por policiais civis da delegacia de Paiçandu.

Franquim, foi morto com requintes de crueldade. Ele foi assassinado colocado dentro de uma mala e teve o corpo queimado. A vítima foi encontrada na manhã do dia (06) aos fundos do Jardim Novo Centro.

De acordo com uma polícia a vítima teria sido atraída pela acusada, por mensagens de WhatsApp, até um ponto de drogas no Jardim Canadá, na noite de segunda-feira, um dia antes da sua morte. (Reveja a matéria aqui: https://www.servicospaicandu.com/e-identificado-homem-que-foi-morto-e-teve-corpo-queimado-dentro-de-uma-mala-em-paicandu/)

Ainda de acordo com a Polícia Civil a motivação do crime seria uma dívida de droga no valor de R$80,00

A Mulher presa hoje, não quis passar os nomes de quem seria os assassinos e nega envolvimento no homicídio.

A polícia ainda segue nas investigações pra tentar identificar e localizar quem teria tirado a vida de Franquim.

Rosângela, foi presa mediante a um mandado de prisão temporária. Ela foi encaminhada a carceragem da 9°SDP.

 

Escreva um comentário

error: Conteúdo protegido !!