Mãe é encontrada na rua com sinais de embriaguez com filho de um ano e oito meses ao lado chorando

No final da noite deste domingo (10-06) moradores da Rua Santos Dumont na área central  de Paiçandu, acionaram o conselho tutelar, pois próximo da Avenida Curitiba, uma mulher estava deitada com sinais visíveis de embriaguez e uma criança chorando do lado.  As conselheiras ao chegar no local já acionaram o SAMU e a polícia militar.

A mulher foi encaminhada ao pronto atendimento do Hospital São José para ser medicada. As conselheiras após algumas horas e realizar diversos contatos, conseguiu encontrar família da mãe da criança. Segundo informações a mulher que tem 28 anos veio de Santa Catarina visitar o pai em Paiçandu.

O garotinho que tem apenas um ano e oito meses, foi entregue ao avô que mora no centro da cidade. As conselheiras questionam que sempre acontece este tipo de situação e a cidade ainda não conta com um abrigo. Mediante a nota enviada pela assessoria do município de Paiçandu diz que, já tem um imóvel alugado e a previsão de funcionamento esta previsto para setembro deste ano.

Segue a NOTA RETORNO emitida nesta manhã;

CASA LAR EM PAIÇANDU – NOTA RETORNO

Sobre a Casa Lar, a lei que cria a casa lar em Paiçandu é a 2.641/2018 e foi aprovada, pela Câmara Municipal de Vereadores de Paiçandu, foram realizadas reuniões com outros municípios, para que seja criada uma rede.

Já temos a casa alugada, de acordo com o que a lei exige o espaço apropriado. As adequações da casa estão sendo realizadas, como banheiro adaptado e pintura.

Estamos em processo de licitação para a compra de móveis e eletrodomésticos. Esse processo tem prazos legais que precisam ser cumpridos de acordo com a lei 8.666/93.

A sociedade civil tem se mobilizado para fazer doação e adiantar esse processo, estamos também realizando parcerias público-privadas para beneficiar as pessoas que serão atendidas. A equipe já está formada para atuar na Casa Lar.

O conselho tutelar está junto com a assistência social e Ministério público acompanhando o planejamento da implantação da Casa Lar em Paiçandu.

A casa lar atenderá a até 10 crianças ou adolescentes com idade entre 0 a 18 anos. O Local da casa lar não pode ser divulgado, pois a justiça determina que haja total sigilo, como se trata de um local destinado a acolher crianças e adolescentes a legislação proíbe a sua exposição e divulgação.

O cuidado à criança e ao adolescente é prioridade na gestão do prefeito Tarcísio e da secretaria de assistência social. A previsão para funcionamento do espaço é para setembro deste ano.

error: Conteúdo protegido !!
/* ]]> */